Gatos para quem tem crianças.

Muitas pessoas acreditam que gatos bem filhotinhos são a melhor opção para quem tem crianças, mas nem sempre isso ocorre.

Há vários relatos de adoções que não deram certo envolvendo gatos filhotes muito peraltas com crianças que insistiam em colocar os gatos no colo, o que deixava o gato cada vez mais irritado.

Gatos adotados muito pequenos não são criados do jeito que o dono quer - cada gato tem uma personalidade distinta, desde pequeno.

Muitas vezes é vantagem adotar um gato acima de 6 meses, pois estão com a personalidade mais definida, assim o adotante sabe que tipo de gato está levando para casa.

Os gatos adultos costumam ser mais carinhosos, tranquilos, pacientes e agradecidos e muitos deles são ideais não só para crianças, mas também para pessoas que querem ter só um gato.

Existem sim alguns filhotes que, ao que tudo indica, vão de adaptar com crianças, mas o adotante deve, messe caso, escolher o gato dependendo do temperamento do gato, mesmo que não fosse o gato que adotaria inicialmente.

Veja depoimento de mãe de família que adotou, no mesmo dia, uma gata adulta e outra gata, filhotona, de uns 6 meses de idade. Na época a filha da senhora que presta o depoimento tinha quase 5 anos de idade.

Nós somos a família da Isa e da Bella. Como disse o Albert, o gato não tem que ser filhote nem "loiro dos olhos azuis" para ser adotado. As gatinhas vieram para casa e se adaptaram no mesmo dia. Dormem com a gente, se revezando nas camas das crianças e na nossa. Minha filha de 4 anos vive com a Bella no colo que, justamente por ser mais velha, é muito mais paciente e carinhosa e já passou da fase das mordidas de brincadeira que tanto assustam as crianças. Elas "conversam" com a gente e, quando nos levantamos, as duas vem ronronando e deitando de barriga pra cima para receber carinho. Estamos muito felizes!!! Faça o mesmo! Coloque um pouco de alegria em sua vida!!!